A Cirurgia Plástica, sozinha, não realiza transformações milagrosas. Ela é um dos pilares do bem-estar que engloba outras atitudes, como atividade física, dieta equilibrada e hábitos saudáveis. Quando um destes fatores não é obedecido, a tendência é que o paciente volte a engordar e a se sentir insatisfeito ou mesmo apresentar adversidades nos resultados.

Após a cirurgia, as atividades físicas ajudam a tonificar a musculatura, o que otimiza os efeitos sobre a região operada. Mas não é qualquer tipo de exercício, é preciso avaliar caso a caso.


Resultado de imagem para corrida


Estar em uma boa forma física antes e após uma Cirurgia Plástica são fatores que contribuem com resultados mais satisfatórios do procedimento. Um excelente exemplo é a associação de exercícios abdominais antes e após uma cirurgia de Abdominoplastia, uma vez que os músculos desta região se fortalecem, complementando o resultado cirúrgico e elevando o grau de satisfação do paciente.

Exercícios físicos são fundamentais em cirurgias do contorno corporal, como a lipoescultura lipoaspiração, abdominoplastia, mamoplastia, etc. Além da tonificação muscular, os exercícios físicos também previnem o aparecimento da flacidez cutânea e estrias, pois melhoram a circulação sangüínea da pele, o que proporciona maior elasticidade.

É muito importante não negligenciar o pós-operatório. É preciso respeitar o tempo de repouso estipulado para cada tipo de cirurgia e que o paciente não retome os exercícios por conta própria, é essencial o acompanhamento de especialistas ligados à Medicina Esportiva, Cardiologia, Nutrologia e Nutrição Esportiva.


texto por @dr.fabionogueira

Agende sua consulta!


tópicos relacionados:

#cirurgiaplastica #plastica #plasticasegura #estetica #reparadora #cirurgiaplasticaestetica #cirurgiaplasticareparadora #sbcp #sociedadebrasileiradecirurgiapalstica #plastic #plasticsurgery